Notícias

Por onde andam?

Luiz Mattar capa
Aos 52 anos, o empresário Luiz Mattar reserva pelo menos um dia da semana para partidas amadoras de tênis na Sociedade Harmonia, nos Jardins. Foi nesse clube, em 4 de outubro de 1987, nos tempos de atleta profissional, que ele conquistou uma vitória histórica sobre o equatoriano Andrés Gomez e colocou o Brasil na elite da Davis Cup, considerada a Copa do mundo do tênis. Poucos dias depois da façanha, ele apareceu na capa de VEJA SÃO PAULO (curiosamente, seu nome apareceu grafado Luís). Em 1989, aos 26 anos de idade, Mattar alcançaria o 29° lugar do ranking mundial. Ao pendurar a raquete, em 1995, havia conquistado sete títulos individuais e alcançado a terceira rodada de três Grand Slams, duas vezes no US Open e uma em Roland Garros. Na era pré-Guga, poucos haviam chegado tão longe.
Até hoje o ex-atleta ainda é reconhecido nas ruas de vez em quando. “É mais frequente quando não estou de terno e gravata”, brinca, a respeito de seu traje diário. Mattar é presidente da Tivit, empresa de serviços de tecnologia da informação com 28 000 funcionários em mais de quarenta unidades ao redor do mundo. Trabalha em um escritório de quatro andares na Avenida Brigadeiro Faria Lima, com vista panorâmica. “Daqui consigo ver se pegarei engarrafamento para o aeroporto”, diz. Em uma estante de sua sala, deixa expostos os prêmios da empresa. “Até hoje dói ter deixado as quadras.”
Fonte: VejaSP

Conozca nuestras soluciones

TIVIT Digital Business

TIVIT Cloud Solutions

TIVIT Digital Payments

TIVIT Technology Platforms