Notícias

AES Brasil aposta na nuvem para garantir altíssima disponibilidade


akjdfhkajdO setor de distribuição e geração de energia no Brasil tem evoluído nos últimos anos com a adoção de diversas tecnologias para levar qualidade e eficiência no atendimento aos seus clientes. E na AES Brasil não é diferente. A premissa está em todas as ações da empresa, que gera, comercializa e distribui energia elétrica para quase 8 milhões de clientes nas regiões Sudeste e Sul, em 24 municípios.
Mais recentemente, a AES Brasil decidiu ingressar no universo de cloud para garantir altíssima disponibilidade e performance, tanto no dia a dia quanto em momentos de pico. “Buscamos a nuvem para aprimorar a contingência, mas ao mesmo tempo conquistar flexibilidade para crescer”, explica Antonio Narvaez, CIO da empresa.
A companhia optou por uma nuvem privada, fornecida pela Tivit, que já era parceiro de data center da AES Brasil. O contrato, que se estenderá pelos próximos seis anos, prevê a migração dos serviços para uma nova nuvem e também uma atualização de todo parque tecnológico. A implantação está prevista para ser concluída até julho de 2015.
Narvaez conta que a primeira fase do projeto começou em janeiro deste ano, com o planejamento da aquisição de equipamentos, estabelecimento de governança e treinamento de funcionários. Nesse momento, a AES Brasil está implementando alguns de seus sistemas, como os de controle e o ERP.
“Temos um ecossistema muito complexo, que será migrado gradativamente para a nuvem, respeitando uma lógica técnica. São mais de 200 sistemas de diferentes tipos e nosso processo para levá-los para a cloud é muito criterioso”, assinala o executivo. Para garantir a migração adequada, a AES Brasil estabeleceu uma equipe multidisciplinar, envolvendo profissionais de infraestruitura, telecomunicações, aplicações e governança de TI.
Segundo o executivo, a nuvem contará com os melhores padrões de segurança praticados no mercado e reforçará a alta disponibilidade, o que garante a continuidade dos serviços críticos. “Conseguimos ainda levar agilidade dos serviços para nossos clientes finais”, completa.
Como benefício da migração, além da disponibilidade, Narvaez ressalta que com a nuvem a AES Brasil registrar melhoria na performance e poderá consumir menos energia de espaço e de uso de água, já que o projeto contempla recursos de sustentabilidade.
Renovação do ERP
Além da migração para a nuvem, a AES Brasil também vai modernizar seu sistema de gestão empresarial (da sigla em inglês ERP) da SAP, que está diretamente relacionado ao sistema de faturamento em tempo real de consumo de energia.
“Estamos atualizando nossa infraestrutura de TI e nossa camada de sistemas para criar uma plataforma tecnológica que nos ajudará a cumprir nosso plano estratégico nos próximos cinco anos”, diz, completando que a partir dessa mudança será possível agregar mais soluções como analytics, internet das coisas (IoT, na sigla em inglês) e mídia social. “Toda essa plataforma moderna nos permitirá explorar bem essas tendências”.
Com a economia em ponto de atenção, Narvaez relata que o desafio atual de toda a atualização é executar o projeto dentro do prazo com o orçamento planejado. Além disso, ele conta que a contratação de talentos qualificados em cloud tem sido outro desafio da empresa, que aos poucos tem sido superado.
Fonte: IT FORUM
 
 

Conozca nuestras soluciones

TIVIT Digital Business

TIVIT Cloud Solutions

TIVIT Digital Payments

TIVIT Technology Platforms