Notícias

Como a TIVIT acelerou processos de inovação no campo da saúde durante a pandemia

Empresa desenvolveu um portal para médicos do Hospital Albert Einstein e lançou um sistema de telemedicina para um hospital no interior de São Paulo

A pandemia do novo coronavírus fez a TIVIT acelerar processos de inovação no campo da saúde. Desde o início da crise no país, a empresa criou um portal voltado para médicos do Hospital Albert Einstein que atuam na linha de frente contra a covid-19 e desenvolveu um sistema de telemedicina em parceria com a Secretaria de Saúde de Indaiatuba, no interior do estado de São Paulo.

George Bem, diretor de Tecnologia e Inovação da TIVIT, conta que a pandemia fez a empresa focar em possíveis soluções para o mercado de saúde. “A gente percebeu esse era um setor que precisava se organizar em logística, atendimento e comunicação”, diz o executivo.

No projeto desenvolvido para o Einstein, a empresa criou um portal para profissionais de saúde que estão na linha de frente da covid-19. O site funciona como uma rede social, focada na troca de experiências entre os profissionais que atuam no tratamento de pacientes com a doença. Lançada em maio, a plataforma já conta com 2.600 profissionais cadastrados. Segundo o executivo, a TIVIT doou a plataforma para o Einstein, sem cobrar pelo seu desenvolvimento.

A outra iniciativa, criada em parceria com a Secretaria de Saúde de Indaiatuba, foi a produção de um sistema de telemedicina para o sistema público de saúde da cidade. O objetivo era diminuir as chances das pessoas se infectarem na triagem dos hospitais. Por meio da plataforma, o usuário responde a um questionário; se ele for identificado como um possível caso de covid-19, a ferramenta o transfere automaticamente para um médico da plataforma. Caso a situação seja considerada grave, ele é direcionado pelo sistema a um hospital preparado para atendê-lo.

Internamente
A pandemia também trouxe mudanças internas para a empresa. Um projeto de inteligência artificial foi acelerado durante a crise do coronavírus. A ideia é que a tecnologia ajude na área de atendimento ao cliente, filtrando as demandas e encaminhando para os atendentes especializados. “Não dá para dizer que foi criada, mas foi acelerada”, afirma o executivo.

Outra mudança foi no programa de aceleração da TIVIT, realizado em parceria com a Liga Ventures. Conduzido remotamente ao longo do mês de abril, a empresa selecionou as startups Intelipost, uma plataforma de gestão logística, e a XLabs ON Security, que usa inteligência artificial na área de segurança digital.

Agora, as startups receberão mentoria de profissionais da TIVIT, assim como maior exposição a oportunidades de negócios e apoio técnico da empresa. As empresas receberão mentorias de profissionais da companhia ao longo dos próximos quatro meses. “Na pandemia, ficou claro para a empresa que não dá para trabalhar sem inovação”, diz o executivo.

Outra mudança foi no programa de aceleração da TIVIT, realizado em parceria com a Liga Ventures. Conduzido remotamente ao longo do mês de abril, a empresa selecionou as startups Intelipost, uma plataforma de gestão logística, e a XLabs ON Security, que usa inteligência artificial na área de segurança digital.

Agora, as startups receberão mentoria de profissionais da TIVIT, assim como maior exposição a oportunidades de negócios e apoio técnico da empresa. As empresas receberão mentorias de profissionais da companhia ao longo dos próximos quatro meses. “Na pandemia, ficou claro para a empresa que não dá para trabalhar sem inovação”, diz o executivo.

Fonte: Época Negócios

Conheça nossas soluções

TIVIT Digital Business

TIVIT Cloud Solutions

TIVIT Digital Payments

TIVIT Technology Platforms