Press Releases

COM QUANTOS DADOS SE FAZ UM DATA CENTER?

TIVIT conta com nove DCs que juntos processam mais de 25 bilhões de transações financeiras por ano e guardam 10 petabytes de informações

 

São Paulo (SP), Agosto de 2017 – Os data centers evoluíram muito nas últimas décadas e hoje ocupam uma posição de fundamental importância para as operações de inúmeras empresas. Muitas delas dependem desses ambientes para garantir o armazenamento de dados críticos com confiabilidade. A TIVIT, empresa líder em serviços integrados de Tecnologia na América Latina, reúne alguns números que ajudam a dimensionar o tamanho e a relevância dos data centers para proteger as informações de qualquer companhia, independentemente do segmento.

 
A TIVIT possui ao todo nove data centers em diferentes localizações na América Latina. Todos eles estão preparados para suportar os clientes de forma flexível, com altos níveis de segurança e disponibilidade, e os números que envolvem as operações são grandes. Atualmente os data centers da companhia processam mais de 25 bilhões de transações financeiras por ano, além de gerenciar mais de 15 mil servidores e um total de 10 petabytes de dados protegidos.
 
Essa disponibilidade total é fundamental para as empresas que utilizam o serviço. Isto porque elas hospedam nos data centers diversas operações que não podem parar. É o caso do processamento das transações de cartões, por exemplo. Toda transação é processada em um data center, que em poucos segundos recebe a informação da compra, valida com o emissor do cartão e envia a aprovação de volta para a máquina do lojista.


Infraestrutura 

Para garantir que o data center funcione 24 horas por dia e 365 dias por ano, a infraestrutura é parte fundamental. A energia, por exemplo, não pode sofrer oscilações para garantir a disponibilidade que a operação precisa. Para que haja certeza de que este item estará sempre disponível independentemente da concessionária de energia local, os data centers da TIVIT contam com fontes de energia adicionais que garantem uma alimentação ininterrupta.
 
Equipamentos eletrônicos instalados são capazes de detectar a falta de energia em 20 milissegundos. Então, caso seja necessário, as 2,4 mil baterias assumem a operação, enquanto os geradores são iniciados, em no máximo 20 segundos, e começam a sincronizar os dados do data center. Todo esse processo leva em média um minuto e meio para ser concluído. Para entender a grandiosidade da operação, os geradores, por exemplo, são capazes de suportar o equivalente a uma cidade com 5 mil casas e cada um deles conta com quatro tanques de diesel com capacidade individual de 37,6 mil litros, volume suficiente para abastecer uma frota de 547 caminhões semipesados.
 
Outro ponto de atenção é a temperatura, que deve ser mantida em 25 graus. Parece fácil, mas com milhares de equipamentos ligados e gerando calor, a tarefa é bem mais árdua que em um escritório comum. Para garantir o resfriamento, apenas um dos data centers da TIVIT possui um sistema de refrigeração que equivale a 2,6 mil equipamentos de ar condicionado residenciais de 12 mil BTUs. Sem refrigeração, a temperatura no data center poderia chegar a 50º em até 15 minutos.
 
O espaço entre o chão e o piso elevado também contribui para a refrigeração, pois permite a troca de ar frio vindo dos refrigeradores com o calor do ambiente. Apenas o data center Transamérica possui 7 mil metros quadrados de piso elevado. Essa estrutura abriga ainda outros componentes importantes, como cabos, dutos e tubos. Além dos cabos elétricos que alimentam os equipamentos, há ainda cabos de fibra ótica de diversas companhias de telecomunicação que são responsáveis pela conectividade do data center com os clientes.
 
Juntos, todos os cabos de dados usados pela TIVIT em apenas um dos data centers baseado em São Paulo (SP) alcançam um comprimento somado de 6,36 mil quilômetros. Essa distância é maior do que o percurso em linha reta entre as cidades de Ushuaia, no extremo sul da Argentina, e São Luís, capital do Maranhão.


Segurança
Além da segurança dos dados que trafegam em um data center, a segurança física é importante para garantir que a operação funcione sem intercorrências. Todo o ambiente possui diversas barreiras físicas, como detectores de presença nos muros e câmeras que monitoram o ambiente 24 horas por dia e 7 dias por semana.
 
Para acessar a área interna do data center, onde fica o piso elevado, é preciso passar por portas de controle que só são acessadas com dupla checagem de identidade, feita por meio de crachá e biometria. Em um caso remoto de invasão, todas as portas são travadas automaticamente, facilitando a solução do problema.
 
Em caso de incêndio, os data centers da TIVIT possuem um equipamento conhecido como VESDA (Very Early Smoke Detection Aspirating), um sistema de detecção precoce que aspira o ar e faz uma análise com lazer capaz de identificar um princípio de incêndio antes de haver percepção de fumaça visível. 



Virtualização
 

A computação em nuvem tem crescido exponencialmente nos últimos anos e ganhado destaque em empresas de todos os tamanhos por conta de seus benefícios ao negócio. Mas, afinal de contas, onde fica a ‘nuvem’? Em um data center!
 
A nuvem é um serviço que armazena, gerencia e protege dados e programas de uma empresa de maneira remota. Quando um funcionário acessa uma aplicação que está na nuvem, por exemplo, em uma fração de segundo a requisição sai do computador, acessa o data center e retorna para o computador.
 
Mas nem toda nuvem é igual. Cada provedor de cloud computing possui uma característica, por isso a TIVIT acredita que adotar um modelo multicloud torna possível selecionar o serviço mais adequado a cada necessidade da estrutura de TI, viabilizando uma solução única. Com ambientes alocados em diferentes provedores, é possível extrair o melhor custo-benefício, otimizando os recursos e os resultados da infraestrutura.
 
Seja online ou off-line, via cloud computing ou ligação direta, toda a infraestrutura, segurança, confiabilidade e agilidade adotadas para esse serviço impactam indiretamente milhões de pessoas. Afinal, diferentes hábitos corriqueiros na vida de milhões de pessoas, como compras com cartão de crédito e débito ou check-in em companhias aéreas, possuem algo em comum: todos foram processados em um data center.


Sobre a TIVIT

A TIVIT é líder em serviços integrados de Tecnologia na América Latina. Com presença em sete países da região, a partir dos quais presta serviços para mais 35 países do mundo, a empresa é reconhecida por fazer a gestão de operações críticas para seus clientes com agilidade e flexibilidade. Todos os serviços da TIVIT – que incluem IT Services, Cloud Solutions e Digital Business – atuam com base nos mais elevados padrões mundiais de qualidade, segurança e confiabilidade de processos e são suportados por 9 data centers, sendo 2 com 99,999% de disponibilidade.

A TIVIT busca as melhores opções de tecnologia disponíveis no mercado para compor a melhor oferta de serviço de tecnologia para cada cliente, e atualmente suporta com excelência grandes bancos, seguradoras, empresas de cartões de crédito, indústrias, concessionárias de serviços públicos e varejo.

Informações para a Imprensa:
Agência Ideal H+K Strategies – (11) 4873-7900 – www.agenciaideal.com.br
Milly Furquim – milly.furquim@idealhks.com – (11) 4873-7956
Fernanda Vigna – fernanda.vigna@idealhks.com – ramal 2918
Tatiana Americano – tatiana.americano@idealhks.com – ramal 7913